Cachorro faz de tudo para esconder o novo gatinho da família para que ninguém brinque com ele

Olha que bonitinhos gente, o gatinho está se sentindo protegido por ele, é muito amor ele está assim, parece um pouco desconfiado, talvez achando que vão levar o gatinho. Ele é muito amoroso...que fofura!

Colleen Harrison vive tranquilamente com a família, inclusive dois cachorros. A família decidiu então adotar mais um membro: Casper, um gato preto ainda filhote.

Colleen não se preocupou com a reação de Minnie, mas estava ansiosa para verificar como seria o relacionamento de Casper e Rex, “o cachorro nº 2”, bem mais jovem do que a pitbull e muito mais arteiro.

Apesar da diferença de tamanho, Rex e Casper têm uma característica em comum: os dois são extremamente brincalhões. Talvez por isso, eles tenham se tornado os “melhores amigos de infância” desde que se viram pela primeira vez.

As esperadas manifestações de ciúme, em relação ao irmão mais novo, não surgiram, para alívio de Colleen. Afinal, um gesto um pouco mais bruto de Rex poderia machucar seriamente o gatinho, que também não se mostrou assustado: ele adorou encontrar um companheiro de brincadeiras e bagunça.

Rex surpreendeu a todos com as suas primeiras iniciativas. Ele entendeu que Casper era uma “propriedade exclusiva”, um brinquedo particular ou um amigo extremamente especial. O fato é que o cachorro e o gatinho passaram a fazer tudo juntos.

O cachorro tentou inclusive esconder Casper várias vezes dos olhares curiosos da família. Eles começaram a ficar o dia inteiro juntos, tanto nas brincadeiras quanto nas muitas sonecas. E, quando alguém tentava se aproximar, Rex demonstrava bastante insatisfação.

Definitivamente, Rex não parecia interessado em partilhar a amizade de Casper com os demais membros da família. O cachorro foi flagrado várias vezes “enterrando” o filhote entre as almofadas. O comportamento deixava claro que ele não queria dividir o novo amigo com ninguém.

O comportamento de Rex foi surpreendente. Em geral, ele brinca com todos – mesmo com aqueles que não estão dispostos a brincadeiras. Ele corre, salta, explora ambientes e parte para outras aventuras, sem se fixar em nada específico.

Alguma coisa, no entanto, mudou com a chegada de Casper. O gatinho despertou ativamente os instintos protetores de Casper, que está decidido a ser o guardião do filhote, protegendo-o de tudo e de todos.

Nas redes sociais, Colleen afirmou que o comportamento de Rex é muito parecido com o exibido quando os filhos humanos nasceram. O cachorro esqueceu as brincadeiras mais brutas e tornou-se um protetor para todas as ocasiões.

E porque eles gostam mesmo, o meu foi criado com todo amor do mundo e não podia vê um filhote de gato que trazia pra casa carregando na boca e dormia com eles, nessa brincadeira foi uns oito gato.

Cada vez mais amooo os animais, que lindoooo protegendo com amor seu amiguinho, os humanos tem que se espelhar nos animais. Eles são melhores que nos humanos, amo todos os animais!

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário