Com o marid0 sumid0 há oito meses, mulher abre o armári0 e desc0bre o p...veja mais
01/05/2023

PUBLICIDADE

A norte-americana Jennifer Maedge tentava localizar o marido que tinha desaparecido desde abril de 2022. As autoridades de Illinois fizeram buscas e tentaram encontrar evidências do que tinha acontecido com Richard Maedge, mas o caso nunca teve uma conclusão.

A história mudou meses depois, em dezembro, quando Jennifer estava procurando pelos enfeites de Natal para decorar a casa e acabou encontrado o corpo do amado mumificado dentro de um armário no sótão. Jennifer contou ao tabloide The Mirror que raramente abria o armário onde o corpo estava, pois estava cheio de lixo.

PUBLICIDADE

De acordo com a publicação, a polícia vasculhou o terreno da casa duas vezes, mas não encontrou nada. A esposa chegou a avisar que estava sentindo um cheiro forte, mas a polícia considerou que o odor era do lixo acumulado pelo casal.

Até mesmo um encanador foi chamado para consertar um cano de esgoto que poderia estar exalando o mau cheiro. Apesar do avançado estado de decomposição, a autópsia conseguiu concluir que Richard Maedge tirou a própria vida e ficou todos esses meses trancado no armário da própria casa. O resultado excluiu as possibilidades de que o homem tivesse sido sequestrado ou até mesmo assassinado, situações que eram consideradas durante as investigações.

PUBLICIDADE

No dia do desaparecimento, Richard ligou para a esposa avisando que sairia mais cedo do trabalho. Ao chegar em casa, Jennifer encontrou o carro, a carteira e as chaves do marido, mas ele nunca mais foi visto. A irmã do falecido, Marilyn Toliver, criticou a ação da polícia para resolver o caso, mas ficou aliviada e agradecida por finalmente poder se despedir e realizar o enterro. Em nota, as autoridades locais de Illinois afirmaram que fizeram amplas buscas, mas não acharam nenhum sinal do corpo de Richard Maedge e confirmaram que nada suspeito foi encontrado na autópsia.

PUBLICIDADE

AD
Artigo