O triste fim de Bolsonaro: Segredo que Bolsonaro guardou a sete chaves vem à tona e foi confirmado que ele fez um fa… Ver mais
19/02/2023

PUBLICIDADE

Vinicius Carvalho, ministro da Controladoria-Geral da União, foi mais além. Ele disse que havia registro de um segredo que Bolsonaro guardou:

o ex-presidente Jair Bolsonaro tomando a vacina Janssen contra a Covid-19 em 19 de julho de 2021.

Porém a Controladoria disse que a informação poderia estar incorreta.

Eles estão investigando as possibilidades e vão esperar a conclusão da investigação para poder dizer com certeza se Bolsonaro foi vacinado ou não.

PUBLICIDADE

Vacinou ou não?

“Esse registro existe. Se está em um ofício da Controladoria, eu não tenho como negar. Infelizmente, esse ofício veio a público. Como eu disse, essa é uma investigação sigilosa”.

O inquérito foi instaurado durante a gestão do ex-ministro do Tribunal de Contas, Wagner Rosário, no final da gestão anterior.

Em janeiro passado, um grupo de hackers divulgou um cartão de vacinação que se acredita pertencer a Bolsonaro.

Dentro estão registros de dosagens de vacina contra o vírus que teriam sido aplicadas em um posto de saúde de São Paulo no dia 19 de julho de 2021. Bolsonaro estava em Brasília naquele dia.

PUBLICIDADE

O antigo governo achou que o registro estava errado. Ocorrências de outras tentativas de inserir dados no cartão foram relatadas.

A investigação está investigando se isso foi obra de hackers ou funcionários. Em resumo, ainda não se sabe se Bolsonaro foi vacinado, algo que sempre negou e continua negando.

Vinícius perdeu a oportunidade de ficar calado. Não foi o caso, então Lula e sua esposa Janja divulgaram às pressas os cartões de vacinação.

Por que Bolsonaro ordenou que seus cartões fossem mantidos em segredo? Este é um mistério que deixa margem para dúvidas.

PUBLICIDADE

É porque ele foi vacinado enquanto aconselhava o brasileiro a se automedicar com drogas ineficazes como a cloroquina?

Ele já foi fotografado oferecendo cloroquina para emas no Palácio da Alvorada. Na época, ele ordenou que os militares produzissem pílulas de cloroquina em massa.

Talvez ele pensasse que salvar a economia era importante e que as pessoas que tinham que morrer morreriam.

O segredo que Bolsonaro queria esconder

A Controladoria da União decidiu acabar com outro segredo que Bolsonaro guardou: Pazzuelo foi ministro da Saúde de Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Como militar da ativa, não pôde comparecer a eventos políticos de caráter público, mas esteve no Rio em uma motocicleta comandada por Bolsonaro. Então ele subiu na plataforma e falou.

Os militares entraram com uma ação judicial para puni-lo.

A maioria dos generais do Alto Comando do Exército queria punição. No entanto, o comandante do canhão entrou com uma ação. por que? Por Bolsonaro, apenas 1998 seria conhecido.

PUBLICIDADE

AD
Artigo